Hortas em espaços urbanos se tornam cada vez mais comuns | Nosso Campo

[ad_1]

Na quintal do seu Jorge e da dona Fátima tem um pouco de tudo. Alface, almeirão, salsinha, cheiro verdejante. A variedade conquistou a negociante Rita Gomes, que passa semanalmente por lá para fazer a feira. Com as sacolas cheias, a compra dá para a semana inteira na mansão dela.

Rita diz que, além de receber produtos fresquinhos, a espaço é muito maior. Isso porque o par possessor da plantação não usa agrotóxico.

A quintal, que foi montada há dois anos, faz tanto sucesso que há clientes de vários bairros. O espaço fica dentro da superfície urbana de Bauru (SP), ocupa muro de 650 metros quadrados e abastece a toda a comunidade. É simples que manter tudo exige muita dedicação do par.

Para ajudar a tocar os trabalhos, eles contam com o auxílio do rebento Mateus Alves, que é técnico agrícola e deixou o trabalho para investir na cultura familiar.

Tudo começou uma vez que um passatempo para o par, mas hoje a quintal virou a principal nascente de renda da família. Para oferecer produtos de qualidade e atender às demandas, Jorge pesquisou bastante sobre os melhores adubos naturais e sobre rega. Apesar da dedicação manente ao novo trabalho, Sérgio diz que não se vê mais lidando com outra coisa.

(Vídeo: veja a reportagem exibida no programa em 07/03/2021)

Hortas em espaços urbanos se tornam cada vez mais comuns

Hortas em espaços urbanos se tornam cada vez mais comuns

Agora imagine se você pudesse ter, além de uma quintal, um pomar no quintal da sua mansão. Foi isso que Luiz Pires decidiu fazer na varanda do apartamento dele.

Ele conta que há quase dois anos a família não precisa comprar verduras e ervas para temperos no mercado. Tudo que é consumido por eles é plantado em mansão.

É tanto resistência que, para a chuva não estragar as folhas de alface, Luiz colocou uma tela de proteção. Tem também sistema de rega automático. No caso das vegetalidade e árvores frutíferas, ele revela que o sigilo para tudo dar manifesto é a polinização proveniente com abelhas. Por isso, fez até um espaço para elas.

Leiva Maria Custório também transformou o quintal de mansão. A teoria surgiu com a dificuldade de encontrar verduras e legumes orgânicos de boa qualidade. Influenciada pelas filhas, ela decidiu recorrer a Adriano Costa, que é jardineiro e entende do negócio.

Adriano conta que o sigilo para manter as pragas muito longe é cuidar diariamente. Assim, qualquer sinal de pragas é combatido a tempo antes de estragar as plantações.

O técnico agrícola Mario Augusto Camargo orienta quem deseja montar a própria quintal. A escolha do lugar é muito importante: deve ser um espaço que receba luz do sol pelo menos por quatro horas diariamente.

A terreno vermelha com esterco bovino é a mistura perfeita. Depois, mistura um pouco de calcário. Ele usa um tubo de PVC uma vez que base.

Mário escolheu plantar couve. A pausa entre as mudas deve ser de 20 centímetros. A rega é também muito importante. Seguindo as dicas, em pouco tempo você vai colher os frutos de sua própria quintal.

VÍDEOS: veja mais reportagens do programa

[ad_2]

Source link